Comentário expositivo de 2 Corintios – Hernandes Dias Lopes

Mergulhe nas profundezas da correspondência de Paulo com a igreja de Corinto com o Comentário Expositivo de 2 Coríntios de Hernandes Dias Lopes. Este comentário oferece uma análise detalhada e prática das lutas e triunfos da igreja de Corinto, explorando temas como o sofrimento apostólico, a natureza do ministério cristão e a reconciliação com Deus. Hernandes Dias Lopes proporciona uma interpretação acessível e relevante, com insights teológicos profundos e aplicações que transformam vidas, tornando esta obra uma ferramenta indispensável para pastores, líderes e qualquer pessoa interessada em aplicar as verdades de 2 Coríntios em sua jornada espiritual.

“Porque, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas” (2 Coríntios 5:17). Hernandes Dias Lopes começa seu comentário com uma análise profunda deste versículo que destaca a transformação radical que ocorre na vida de quem está em Cristo. Lopes escreve: “A nova criação em Cristo não é uma mera reforma moral, mas uma regeneração completa. Paulo ensina que, ao se unirem a Cristo, os crentes experimentam uma transformação que afeta todos os aspectos de sua vida.”

Lopes explica que esta nova criação envolve a renovação do caráter e da mente, permitindo que os crentes vivam em conformidade com a vontade de Deus. Ele comenta: “Paulo nos desafia a viver de acordo com nossa nova identidade em Cristo, deixando para trás os padrões do velho homem e adotando uma vida de santidade e justiça. Esta transformação é um testemunho vivo da graça de Deus e do poder do evangelho para mudar vidas.”

Ao explorar 2 Coríntios 4:7-9, onde Paulo fala sobre o tesouro em vasos de barro, Lopes escreve: “Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós. Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados; perseguidos, mas não desamparados; abatidos, mas não destruídos.” Hernandes Dias Lopes destaca que este trecho revela a natureza paradoxal do ministério cristão, onde a fraqueza humana destaca o poder divino. Lopes comenta: “Paulo usa a metáfora dos vasos de barro para ilustrar que, embora sejamos frágeis e sujeitos a sofrimentos, a presença de Cristo em nós manifesta a glória e o poder de Deus. Nossa fraqueza serve para mostrar que a eficácia do ministério depende da força divina e não da nossa capacidade.”

Lopes argumenta que o apóstolo Paulo, ao compartilhar suas próprias tribulações e vitórias, encoraja os crentes a perseverar na fé, confiando na sustentação e no propósito de Deus em meio às adversidades. Ele escreve: “As dificuldades que enfrentamos em nosso ministério não são sinais de falha, mas oportunidades para demonstrar a graça sustentadora de Deus. Paulo nos ensina que, mesmo em nossos momentos de maior fraqueza, podemos encontrar força em Cristo, que transforma nossos desafios em vitórias.”

Em 2 Coríntios 12:9, onde Paulo registra a resposta de Deus à sua súplica: “A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza,” Hernandes Dias Lopes oferece uma reflexão sobre a suficiência da graça de Deus. Ele escreve: “Paulo aprende que, em vez de remover suas dificuldades, Deus lhe concede graça para suportá-las. Esta resposta divina revela que a verdadeira força se encontra na dependência da graça de Deus, e que nosso poder é aperfeiçoado na nossa fraqueza.”

Lopes conclui que o livro de 2 Coríntios, com suas discussões sobre a fraqueza humana, a reconciliação e o poder transformador da graça de Deus, oferece ensinamentos fundamentais para a vida e o ministério cristão. Ele incentiva os leitores a abraçar sua nova identidade em Cristo e a depender da graça de Deus para superar desafios e viver uma vida que glorifica a Deus.

Categories:,

Customer Reviews

There are no reviews yet.

Be the first to review “Comentário expositivo de 2 Corintios – Hernandes Dias Lopes”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *